Andar de comboio na China!!!

Uma das coisas que me provocava alguma ansiedade antes de entrar na China era o facto conhecido (amplamente divulgado entre viajantes!) da experiência de comprar bilhetes de comboio e viajar de comboio na China ser capaz de arrasar os nervos a qualquer um. Afinal... Confirma-se!
É realmente uma experiência cheia de stress, por várias razões. As dificuldades linguísticas e o número impressionante de pessoas que povoam o interior e exterior das estações (sendo este aspecto aquilo que a China tem de mais parecido com a Índia!) transformam o simples acto de comprar um bilhete numa estação numa autêntica aventura!


Para piorar as coisas, tinhamos informações (nas quais confiámos) de guias e viajantes segundo as quais só era possível comprar bilhetes na estação ponto de partida da viagem. Ora isto implicava que tivéssemos de comprar bilhetes sempre muito em cima da hora e, dada a elevada procura deste meio de transporte por parte dos chineses , o resultado foi às vezes desagradável... Ou não conseguíamos, pura e simplesmente, bilhetes para o itinerário que desejávamos (sendo necessário fazer desvios, separando uma viagem que seria directa em duas partes, passando por outra cidade, o que nos aconteceu entre Xi'an e Chonching quando tivémos de viajar até Chengdu) ou então conseguíamos bilhetes mas de lugares sentados. Qual o problema? É que a maior parte das viagens que fizémos de comboio foram viagens nocturnas.
Os lugares "hard-sleeper" são os melhores (e mais dificeis de obter!), parecidos com aqueles em que viajámos nos comboios indianos, e perfeitamente confortáveis. Camas individuais e ambiente sossegado permitem uma noite bem passada, embalados pelo ritmo do comboio.


Os lugares "hard-seat",única opção em algumas das nossas viagens (por exemplo, de Chengde para Pequim), são lugares razoáveis, mas não para viagens nocturnas de longa duração! Os assentos são muito desconfortáveis, de tal forma que não se consegue descansar nada (muito menos dormir!). Para além disso, as carruagens vão CHEIAS de pessoas, sentadas e de pé, cuja maioria NÃO DORME, passando a viagem a falar (alto!), a comer (!) ou a jogar cartas, sendo que as luzes da carruagem permanecem acesas a noite toda. Tudo conjugado, este tipo de viagem é, para mochileiros carregados, cansados e a precisar de dormir, um PESADELO!
Mais lá para o final da nossa aventura, démo-nos conta que afinal era possível fazer reserva em diferentes estações com dez dias de antecedência! Dah...
Mas tem de se ver as coisas pelo lado positivo: estas viagens de comboio, tanto as confortáveis como as desconfortáveis, são uma forma magnífica de viajar pelo país e conhecer as suas gentes e costumes, algo que aqueles (muitos!) que se deslocam pela China de avião nunca poderão compreender. Viajar é isto mesmo...

Etiquetas: ,